O Desodorante Natural é a sua melhor opção

Por Lidiane Leal e Vladimir de Lima

 

Os desodorantes tornaram-se um cosmético indispensável nos dias atuais. Porém, este recurso pode estar atrelado a sérios prejuízos para a saúde. Pesquisas indicam que várias substâncias químicas utilizadas nos desodorantes estão sendo pesquisadas como possíveis causadoras de doenças.

O maior problema apresentado por hemogramas (exames de sangue) é  que várias substâncias encontradas nos desodorantes atravessam a epiderme e chegam ao sangue. No caso das axilas, muitas pessoas fazem depilação, o que faz com que a pele absorva com maior facilidade essas substâncias prejudiciais. A proximidade com as glândulas mamárias também é um fator preocupante.

 

foto1

 

Heather Patisaul, Ph.D. e professora de Biologia na North Carolina State University afirma que: "quando você come algo, é metabolizado no seu fígado e sistema digestivo, mas quando você coloca algo na sua pele, há vezes em que isso pode entrar na sua corrente sanguínea sem ser metabolizado".

Philip Harvey, Ph.D. e editor chefe do Journal of Applied Toxicology diz que algumas pesquisas mostram que alguns componentes dos desodorantes são absorvidos e armazenados nas células de gordura da região das axilas. Esta mesma área contém receptores hormonais, que podem reagir a alguns destes componentes, causando ou contribuindo ao desenvolvimento de problemas reprodutivos ou de câncer.

Dentre os maiores vilões, destacam-se 5 substâncias preocupantes encontradas nos desodorantes:

 
foto2

 

- Parabenos: são usados como conservantes. Podem interferir em como produzimos e regulamos o hormônio estrogênio, podendo promover o crescimento de células cancerosas.

- Alumínio: serve como tampão, evitando a transpiração. Pode gerar uma instabilidade genética no tecido das mamas, causando risco de câncer.
foto3

 

- Triclosan: previne crescimento bacterial. enquanto esta substância pode ser comumente presente na nossa urina, estudos em animais sugerem que esta substância pode prejudicar o funcionamento da tireóide, levando ao mau desenvolvimento cerebral.

- Ftalatos: fixam as fragrâncias  na pele. Podem prejudicar a produção e uso da testosterona. Isto pode afetar músculos, reprodução e desenvolvimento fetal.

-Fragrância: não se sabe os componentes pois são segredos de fórmula protegidos por lei. Podem conter substâncias nocivas ou no mínimo alergênicas.

Sabemos que abolir o uso deste cosmético é uma alternativa pouco viável. Portanto, após estudos e pesquisas concluímos que a opção saudável e sem prejuízos para a saúde é a substituição desses componentes por substâncias naturais sem efeitos colaterais.

Na Sinoterapia, desenvolvemos  desodorantes naturais  formulados com óleos essenciais orgânicos, extratos botânicos e óleos vegetais. Esses ingredientes são hipoalergênicos  (apresentam pouca probabilidade de causar irritações na pele), além de hidratarem e protegerem a pele, deixando-a mais viçosa e macia.

 

 

foto4

Para quem quer o melhor para a sua saúde e o meio ambiente, o desodorante natural é a opção mais saudável e responsável. Toda a matéria prima dos desodorantes naturais é de origem vegetal, não  utilizando nenhum produto de origem mineral ou animal na sua produção. Por serem naturais, os resíduos descartados no banho não oferecem riscos ao meio ambiente.

Venha conhecer nossas diversas opções para o seu novo desodorante!