Sinoterapia no tratamento da Fibromialgia

A fibromialgia é a mais desconhecida das condições clinicas dolorosas. O aumento do numero de casos levanta perguntas e obriga a comunidade cientifica e as instancias políticas a buscar suas causas, mecanismos e tratamentos.

sinoterapia-35Para alguns pacientes que sofrem desta condição, as conseqüências psicossociais são numerosas: isolamento, incompreensão, estigmatização, abandono, divorcio, afastamento do trabalho, etc. Junto à dor física tem a dor emocional e até mesmo questionamentos existenciais: Porque tanta dor?

Para a sociedade, nos casos extremos, as perdas são inestimáveis: absenteísmo no trabalho, perturbações das atividades familiares e das tarefas domesticas, aumento das consultas e exames e seus custos astronômicos.

 

AFINAL, O QUE É FIBROMIALGIA ?

É uma síndrome clinica caracterizada pordores difusas, nos quatro quadrantes do corpo e que se vive 24h por dia 7 dias por semana.

A dor deve estar a pelo menos três meses e de maneira ininterrupta. O nível da dor varia desde a hiperalgesia (resposta aumentada de dor a um estímulo doloroso) até a alodinia (dor gerada por um estímulo normalmente não-doloroso). O grau de dor flutua de acordo com os estresses físicos e emocionais. Concentra-se principalmente nos músculos, articulações e pele, mas também pode ocorrer com freqüência dores viscerais (ex: intestinos e bexiga) e enxaqueca. Isso afeta o sono, e leva a um estado de fadiga intensa já ao acordar. A fibromialgia não impede os movimentos, nem mesmo atividades mais intensas, mas gera uma fadiga muscular precoce e uma diminuição da resistência física.Acrescenta-se a isso uma série de sintomas que variam de paciente para paciente em quantidade, qualidade e intensidade. É difícil, portanto enquadrar as pessoas com fibromialgia num só grupo.

O QUE NÃO É

1) não é devido a nenhuma fibrose muscular

2) não é devido à depressão, apesar de cerca de 40% dos pacientes com fibromialgia também desenvolverem o quadro.

3) não é uma psicossomatização ou outro diagnostico psiquiátrico: estudos de 2007 mostram claramente alterações dos fenômenos fisiológicos na medula espinhal dos fibromialgicos.

4) não é um desvio de personalidade: pode-se encontrar apenas alguns traços mais comuns, como uma tendência a ansiedade.

ONDE O PSICOLÓGICO AFETA?

A dor pode desencadear todo um ciclo vicioso psicológico, somando-se ao quadro físico. O medo de sentir dor ao movimentar-se ( cinesiofobia) leva à inatividade, invalidade, depressão, trauma, e mais dor.

sinoterapia-23HIPÓTESES ATUAIS PARA EXPLICAR A FIBROMIALGIA

Os pacientes fibromialgicos relatam freqüentemente uma amplificação das suas impressões sensoriais (tátil, olfativa, auditiva, gustativa). Esta amplificação varia de modalidade e de intensidade entre os pacientes. Assim, é comum o relato de um paciente que sente mais dor ao cheirar um produto de limpeza, por exemplo; um aperto de mão firme pode também desencadear um dor forte. Esta hiperexitabilidade da pele, músculos e demais estruturas decorre de modificações fisiológicas e bioquímicas no Sistema Nervoso Central (SNC), ou seja, o cérebro e na medula espinhal, pois são eles que coordenam e regulam as informações contidas na dor.

Nessas duas regiões, verificou-se alterações estruturais e bioquímicas.

A nível cerebral, encontrou-se uma diminuição da vascularização dos centros de gestão de emoções e de funções sensitivas e motoras (tálamo, núcleos cinzentos) e até mesmo uma atrofia da substancia cinzenta, o que explicaria uma serie de sintomas presentes nos fibromialgicos, como as alterações na percepção da dor e nos quadros emocionais.

A nível de medula espinhal, verificou-se alterações importantes nas atividades de determinadas substancias e seus receptores, como o glutamato e o receptor NMDA. Ao bloquear estes receptores, percebeu-se alivio significativo da dor.

Temos basicamente dois mecanismos que nos permitem perceber ou não a dor, mantendo um constante estado de equilíbrio. Assim como temos os receptores de dor, que levam a informação para o cérebro, temos também os chamados Controles Inibidores Difusos Nociceptivos, ou CIDN, que são responsáveis por inibir a sensação dolorosa, permitindo controlar ou mesmo neutralizar a dor. O problema do paciente fibromiálgico estaria justamente no desequilíbrio deste mecanismo, que poderia ou aumentar as informações de dor, ou diminuir a resposta dos controladores CIDN.

Os CIDN produzem substancias que freiam a dor e contribuem para uma sensação de bem-estar: Serotonina, Noradrenalina e Dopamina. Em exames, verifica-se uma carência destas substâncias nos fibromiálgicos.

Abaixo encontra-se um quadro explicativo:

No centro , vemos o funcionamento normal, onde a mensagem de dor ( ascendente) é inibida de maneira proporcional ( descendente). À esquerda, a hipótese do mal funcionamento dos CIDN ( descendente), que não inibem corretamente a dor. À direita, uma hipersensibilidade medular ( ascendente) que leva demasiado sinal de dor.

sinoterapia-11

Fonte: ARSENAULT,P. BÉLAND,A. La fibromyalgie: avoir toujours mal! In : Faire équipe face a la douleur chronique: Un ouvrage conçu pour les patients et écrit par leurs professionnels de la santé. Laval, Les productions ODON, 2010


CAUSAS PARA O DESEQUILÍBRIO: ETIOLOGIA
Estudos mostram diversas causas possíveis para o desenvolvimento deste desequilíbrio:
- Genética: 10% dos descendentes diretos de uma pessoa com fibromialgia pode também apresentar tal quadro
- Lesão física: Muitos fibromiálgicos relatam uma lesão ou trauma específico inicial que parece ter propiciado a fibromialgia. Estes traumas podem ser intensos ou repetitivos.
- Infecção: Alguns relatam o inicio da fibromialgia após um quadro de infecção. Supõe-se que a passagem da mesma tenha desregulado o sistema imunológico.
- Lesão “ emocional”: Uma porção dos pacientes desenvolve fibromialgia após estresses emocionais grandes.
- Anomalias do sono: Perturbações no sono podem ser responsáveis por um aumento da percepção da dor.
O DIAGNÓSTICO
Ele se faz principalmentepor eliminação.Pede-seexame de sangue completoe faz-se oexame físicopara descartar quaisquer motivo para as queixas de dor do paciente. Após certificar-se de que não há nenhuma outra causa, verifica-se ospontos de referência nos quatro quadrantes do corpoe questiona-se sobre dores contínuas por pelo menos três meses.
Confira Abaixo o quadro de pontos de referência :
sinoterapia-10

FONTE: ARSENAULT,P. BÉLAND,A. La fibromyalgie: avoir toujours mal! In : Faire équipe face a la douleur chronique: Un ouvrage conçu pour les patients et écrit par leurs professionnels de la santé. Laval, Les productions ODON, 2010


TRATAMENTO: AS TERAPIAS CONVENCIONAIS

Os tratamentos convencionais são de dois tipos , com mecanismos de ação semelhantes, porém, com métodos completamente diferentes.

O primeiro se baseia em terapias medicamentosas.O Objetivo é aumentar o mecanismo de inibição da dor e ao mesmo tempo diminuir a condução da mesma. Utiliza-se desdeantidepressivos até anticonvulsivosneste processo. Costuma terefeito rápido.O grande problema é que , como para qualquer medicamento,gera-se dependência e efeitos colaterais que incluem desde ansiedade, diarréia, dores de cabeça até náuseas sonolência e fraqueza.

O segundo método se baseia em terapias cinéticas: Exercícios. Fisioterapia , atividade física, Ginástica funcional, todos são métodos válidos queestimulam naturalmente o sistema inibidor da dor, além de trazer outros benefícios gerais para o corpo. Demora mais para surtir efeito,porémnão tem efeitos colaterais quando bem dosado e supervisionado.

 sinoterapia-25

 

O QUE A SINOTERAPIA PODE FAZER?

Sinoterapia se propõe a juntar as vantagens dos tratamentos convencionais. Assim como com medicamentos, a Sinoterapia pode estimular seu corpo a aumentar o mecanismo de inibição da dor e ao mesmo tempo diminuir a condução da mesma. Também costuma ter efeito rápido. A grande vantagem é que a Sinoterapiaestimula em seu corpo tais mecanismos, ou seja, você o faz demaneira natural, recuperando sua capacidade inata de moderar sua dor.Como recuperamos as funções do seu corpo,não criamos dependência e nem efeitos colaterais, tal como as terapias cinéticas! É comojuntar o melhor das duas abordagens convencionais!

Sinoterapia se baseia em técnicas de Acupuntura tradicional aliadas à modernidade de recursos da Fisioterapia, como o uso do Laser. Confira um quadro resumindo as diferentes terapias e para que ajudariam:

sinoterapia-44
sinoterapia-49
Em Florianópolis, você poderá conhecer o trabalho da Sinoterapia e aproveitar este valioso recurso para a Fibromialgia. Confira aqui onde você poderá encontrar a Sinoterapia.
Se você tem dor, procure-me ou se conhece alguém com dor, ajude-o com estas informações. Vamos fazer este ano ( e os próximos!!) livre de dor!
Referência Bibliografica:
ARSENAULT,P. BÉLAND,A. La fibromyalgie: avoir toujours mal! In : Faire équipe face a la douleur chronique: Un ouvrage conçu pour les patients et écrit par leurs professionnels de la santé. Laval, Les productions ODON, 2010